HOME
QUEM SOMOS
ATENDIMENTO
BOLETIM
PODCAST
PERGUNTE AO PASTOR
SIMPÓSIO
Pesquisa personalizada
IPB
 
boletim informativo nº 26/2014
Domingo, 6 de Julho de 2014

Confiando em Tempo de Angústia
“Na minha angústia, clamo ao Senhor, e ele me ouve.” Salmo 120:1

Provavelmente você já viveu uma situação de angústia. Quando enfrentamos uma situação de angústia quase sempre não sabemos o que fazer. O salmista, porém, diz que na sua angústia “ele clama ao Senhor”, conforme Salmo 120:1a. Basicamente, esta é a alternativa de socorro, “ele me ouve”, conforme diz o salmista (Salmo 120:1b). Neste capítulo 120 dos Salmos, o salmista apresenta a sua experiência de vida. Ele fala da sua angústia (Salmo 120:1). Ele fala também dos lábios mentirosos e da língua enganadora (Salmo 120:2). Aqui, certamente, ele fala dos causadores desta situação de angústia (versículo 2). O que realmente importa saber é que, em situação de angústia, o caminho a seguir é a confiança em Deus. Segundo, ele questiona sobre o que será dado ou acrescentado à língua enganadora (versículo 3). É possível sofrer angústia por causa injustiça de uma língua enganadora. Terceiro, ele considera esta situação de angústia como setas agudas e brasas vivas (versículo 4). Devemos ser encorajados a confiar no Senhor em tempo de angústia. Nosso alvo é a glória de Deus, a exaltação de Cristo e a confiança no Senhor. Aqui temos o ensino sobre a confiança no Senhor no tempo da angústia. A primeira atitude é clamar ao Senhor — versículo 1a. Clamar é suplicar ao Senhor. O salmista não inicia nenhum outro Salmo deste modo. O Salmo que mais se aproxima deste é o Salmo 28:1a, onde diz: “A ti clamo, ó Senhor; rocha minha, não sejas surdo para comigo.” Em sua época, o salmista conta a sua desgraça, denuncia seus inimigos, expressa ou implica sua confiança no Senhor. Em sua súplica, o salmista traz a mesma mensagem de encorajamento ao nosso coração em tempo de angústia. A segunda atitude é esperar ser ouvido pelo Senhor — versículo 1b. A palavra “ouvir” pode sugerir uma resposta pronta do Senhor aos questionamentos abusivos ou zombeteiros de pessoas hostis. O salmista ressalta aqui que tal resposta inclui uma ação divina em sua proteção. O salmista lembra aos crentes (membros da igreja), que a angústia tem aqui um significado específico, de sermos afligidos por lábios mentirosos e língua enganadora (versículo 2). Cada cristão deve conhecer a verdade para ser encorajado “a confiar em Deus”. A terceira atitude é saber a origem da angústia — versículo 2. A ameaça e a agressão da língua com a mentira pode praticar a fraude em relações comerciais, o abuso da ignorância ou confiança, a maledicência na vida social ou a calúnia perante o tribunal (Salmo 120:2). O papel da angústia é nos afastar do propósito divino. Quando consagramos num ato de devoção nosso coração ao senhorio de Cristo, ficamos preparados para buscar segurança em Deus, motivados por nossa fé. Mente e coração, razão e sentimento caminham juntos nessa caminhada da fé cristã.

Aniversariantes

Dia 4 Márcia Silvia Texeira, telefone 3353 2149.
Dia 5 Wellington Moreira Da Silva, telefone 3202 8226.
Dia 8 Marcos Roberto Macedo S. de Souza, telefone 9551 9397.
Dia 10 Geomário Moreira Carneiro telefone 9982 2229.
Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio.” Salmo 90:12. Parabéns a todos, e que o Senhor lhes abençoe!

Notas da Constituição da IPB

Princípios de Liturgia
Capítulo V
Da Suspeição e da Incompetência
Artigo 27
 Qualquer das partes sob processo poderá arguir suspeição contra juízes do tribunal, devendo este decidir imediatamente se procede ou não o alegado.
a) na negativa, o tribunal prosseguirá no processo;
b) na afirmativa, os juízes cuja suspeição for reconhecida pelo tribunal ficam impedidos de tomar parte na causa, bem como os juízes que se derem por suspeitos.
§1º Os juízes considerados suspeitos pelo tribunal serão substituídos por suplentes eleitos pelo Concílio.
§2º Quando se tratar de Conselho, se o afastamento de juízes suspeitos importar em anulação do quorum, será o processo remetido, sem demora, ao Presbitério.
Artigo 28 O juiz deve dar-se por suspeito, e, se o não fizer, será arguido de suspeição por qualquer das partes, nos seguintes casos:
a) se for marido, parente consanguíneo ou afim, até o terceiro grau de uma das partes;
b) se estiver de modo tal envolvido na causa que a decisão a ser proferida possa afetá-lo;
c) se tiver intervido no processo como juiz na instância inferior, ou tiver sido no mesmo procurador ou testemunha;
d) se estiver comprovadamente incompatibilizado com uma das partes;
e) se houver manifestado a estranhos a sua opinião sobre o mérito da causa ou tiver se ausentado das sessões do tribunal sem prévio consentimento deste.

Culto de Oração

Amados irmãos, não deixem de comparecer aos cultos de doutrina e de oração, todas as terças e sextas-feiras, respectivamente. Nesse mês de junho é o Conselho que estará responsável pelo culto de oração.

Memórias da Vida

O livro “Memórias da Vida”, do reverendo Pedro Silva, ainda está disponível. Quem ainda não adquiriu, só precisa procurar pela irmã Sara Cardoso, na igreja ou pelo telefone 9635 5078.

Construção do Novo Templo

Conta para arrecadação de doações para a construção do novo templo: Caixa Econômica Federal, agência 4167, operação 013, conta poupança 00047059-9. “Até aqui nos ajudou o Senhor.” 1 Samuel 7:12.

Resoluções do Conselho

1. Examina os irmãos Paulo Rodrigues Pereira, Samuel Augusto Lins e Antônio Sinval Torres Guerreiro, e os considera aptos para concorrerem a eleição de diáconos. O presbítero Jorge também foi considerado apto para concorrer ao presbiterato.
2. Autoriza o pedido de R$ 60,00 para a UMP, com o objetivo de realizar a atividade de comemoração dos aniversariantes do segundo trimestre de 2014.
3. Registra a oficialização do batismo infantil de Larissa e Victor pelo reverendo Geomário.

Atividades Pastorais da Semana:
Reverendo Geomário

Dia 8 Manhã: escola dominical; noite: culto público.
Dia 9 Folga.
Dia 10 Manhã: gabinete; tarde: cuidar dos pais.
Dia 11 Manhã: gabinete; tarde: visita;  noite: oração com a SAF.
Dia 12 Manhã: gabinete; tarde: cuidar dos pais; noite: aconselhamento.
Dia 13 Manhã: Gabinete; tarde: visita; noite: oração.

Atividades Pastorais da Semana:
Reverendo Luís Fernando

Dia 8 Manhã: Secretaria, EBD e reflexão do boletim; noite: culto, pregação e ceia na Congregação em Samambaia.
Dias 9 a 11 Manhã: secretaria e atendimento pastoral.
Dia 12 Manhã: secretaria e atendimento pastoral; noite: estudo bíblico na Congregação em Samambaia.
Dia 13 Folga.

Projeto Missionário de Férias

Projeto Missionário de Férias, dias 6 a 12 de julho. Cidade de Goianápolis. Inscrições R$ 70,00.

Reunião do Conselho

Convocação de toda as lideranças da 3ª IPT para a reunião de planejamento no próximo sábado, dia 12 de julho, às 9h, no salão social da igreja.

País de Oração: Nicarágua

Localização América Central
Capital Manágua
Extensão territorial 130.370 km2
Idioma Espanhol
População total 5.954.898 habitantes
PIB 10.508 milhões de US$
Moeda Cordoba

Fonte IBGE Países@ www.ibge.gov.br/paisesat/

veja mais
Interação:
Feed RSS
Versão em PDF
Receba por e-mail:
Arquivo:
- 2017 - Arquivo ZIP 2017 (7 MB)
- Outubro
42/2017 - dia 15
41/2017 - dia 08
40/2017 - dia 01
+ Setembro
+ Agosto
+ Julho
+ Junho
+ Maio
+ Abril
+ Março
+ Fevereiro
+ Janeiro
+ 2016 - Arquivo ZIP 2016 (8 MB)
+ 2015 - Arquivo ZIP 2015 (9 MB)
+ 2014 - Arquivo ZIP 2014 (8 MB)
+ 2013 - Arquivo ZIP 2013 (8 MB)
+ 2012 - Arquivo ZIP 2012 (10 MB)
+ 2011 - Arquivo ZIP 2011 (11 MB)
+ 2010 - Arquivo ZIP 2010 (10 MB)
+ 2009 - Arquivo ZIP 2009 (9 MB)
+ 2008 - Arquivo ZIP 2008 (7 MB)
+ 2007 - Arquivo ZIP 2007 (6 MB)
+ 2006 - Arquivo ZIP 2006 (5 MB)
+ 2005 - Arquivo ZIP 2005 (6 MB)
+ 2004 - Arquivo ZIP 2004 (2 MB)
+ 2003 - Arquivo ZIP 2003 (5 MB)
home | quem somos | atendimento | boletim | podcast | pergunte ao pastor | simpósio | política de privacidade
Copyright © 2017 3ª Igreja Presbiteriana de Taguatinga | Webmaster | Design, desenvolvimento e hospedagem: Vini Costa