HOME
QUEM SOMOS
ATENDIMENTO
BOLETIM
PODCAST
PERGUNTE AO PASTOR
SIMPÓSIO
Pesquisa personalizada
IPB
 
pergunte ao pastor
Nilton Fontes perguntou em 11/11/2007 às 22:55:
Prezado Geomário, Sobre seu comentário esclarecemos: 1. ?Mt 16,16-19 Não se refere à igreja denominada católica romana. ? - Ora Que eu saiba, quando Jesus fundou sua Única Igreja, conf. Mt 16,16s, Ele colocou Pedro na chefia da mesma, ao qual disse: ?Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, ...?(Mt 16,19). Posteriormente Pedro foi para Roma, sede do maior império da época e lá estabeleceu a Sede da Igreja. Assim nos atestam os escritos dos primeiros cristãos: "Mateus, achando-se entre os hebreus, escreveu o Evangelho na língua deles, enquanto Pedro e Paulo evangelizavam em Roma e fundavam a Igreja" (Santo Irineu de Lyon 130-202 , L.3, C.1, n.1, v.4). Em qual documento você se baseia para dizer que a Igreja Católica Apostólica Romana não é a Igreja fundada por Jesus em Mt 16,16-19 ? 2. ?A Igreja Católica Romana, na ministração do sacramento da eucaristia, não entrega o vinho ? - A Igreja Católica fiel às palavras do Senhor, não entrega nem vinho nem pão aos fiéis, mas o Corpo e Sangue de Jesus: ?Pois a minha carne é verdadeiramente uma comida e o meu sangue, verdadeiramente uma bebida.?(Jo 6,55) . 3. . ?A ordem para perdão dos pecados (Jo 20.23) não pode ser tida como sacramental ? - Aqui você nega descaradamente as palavras do Senhor. Se Jesus mandou os apóstolos perdoar ou reter os pecados, logo é preciso que os fiéis lhes confessem os pecados. Ou você acha que os apóstolos iriam adivinhar os pecados dos outros. Use pelo menos a razão. 4. ?A Igreja de Jesus segue não uma sucessão apostlíca, mas sim a doutrina dos apóstolos (At 2.42).? - Mais uma afirmação fortuita e contrária à Palavra de Deus. Se Jesus prometeu estar com os apóstolos todos os dias até o fim do mundo, conf. Mt 28,20, é claro que se refere também aos sucessores deles. Ou você acha que Jesus não sabia que os apóstolos iriam morrer ? 5. ?Os santos de fato são aqueles que vivem com o propósito de agradar a Deus e não aqueles que se acham incorruptos? - Geomário, todos sabemos que os santos são os que vivem segundo os mandamentos de Deus. Aqui nós ressaltamos os milagres (sinais extraordinários), que mais uma vez só acontecem na Verdadeira Igreja, a Católica. Não há nenhum corpo incorrupto no meio protestante, pois Deus não faz sinais para aprovar uma falsa religião. 6. ?mas os desvios que a Igreja Católica Medieval absorveu no deccorrer dos anos, sem buscar a orientação na Palavra de Deus...? - Mais uma vez você atenta contra a Palavra de Deus. Se JESUS PROMETEU estar com seus apóstolos até o fim do mundo, como você tem a desfaçatez de negar isto e dizer que eles se desviaram na Idade Média ? 7. ?Leia a Bíblia! Isto é melhor do que tentar argumentar com silogismo.? - Com silogismo ainda vale, o pior é fazer como você faz: apenas sofismar. Conforme seus absurdos acima citados, acho melhor você ler a Bíblia com a interpretação correta dada pelos apóstolos, conf. Lc 10,16 e Mt 16,19, ao invés de torcer a Palavra de Deus para sua própria perdição (cf. 2Pd 3,16). Além do mais ?Antes de tudo, sabei que nenhuma profecia da Escritura é de interpretação pessoal?.(2Pd 1,20). Nilton Fontes.
 
Pastor Helder Nozima respondeu em 19/07/2008 às 17:32:
Nilton,1) Os protestantes, como você deve saber, se baseiam na Bíblia para construir a sua teologia. Até onde sabemos, a Bíblia nunca faz referências à igreja católica, mas sim à "igreja". Como o próprio Jesus afirmou em Mateus 6:21, só entrará nos céus aquele que faz a vontade de Deus e não os que chamam Jesus de Senhor. Ao permitir práticas como a intercessão aos santos ou a veneração de imagens, os católicos já começam transgredindo o primeiro dos Dez Mandamentos: "Não terás outros deuses diante de mim" (Ex 20:3). Não me lembro, por exemplo, da Bíblia permitir orações a seres humanos, muito menos a seres humanos mortos...até onde sei a Bíblia condena a comunicação com os mortos. Logo, é na Bíblia que nos baseamos para responder que a igreja à qual Cristo se referia em Mateus 16:16-19 não era a católica. A verdadeira igreja de Cristo é a que faz a Sua vontade.2) Uma lida em todo o capítulo de João 6 é esclarecedora e nos ajuda a evitar erros. Em João 6:35 lemos "Eu sou o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome; e o que crê em mim jamais terá sede". Logo, não é por meio do consumo do pão e do vinho na Comunhão que recebemos o Corpo e o Sangue de Jesus. Nós o fazemos quando vamos até Cristo e o recebemos pela fé. A Ceia é um símbolo, não uma repetição do sacrifício de Jesus por nós. Se os católicos estão certos, e o pão é, literalmente, Corpo e o vinho, Sangue, então Cristo é sacrificado várias vezes. Mas em Hebreus 9:28 lemos que Cristo se ofereceu em sacrifício uma única vez: "assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação".3) A confissão a um apóstolo ou sacerdote ordenado não é exigida, em momento algum da Bíblia, para o perdão dos pecados. Aliás, antes de nos chamar ao uso da razão, gostaria de chamá-lo ao exame de outros textos bíblicos. Em 1 João 1:9, é escrito "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça". João fala de confissão, mas não há ordem para que ela seja dirigida a alguém. E João diz que a confissão é suficiente, embora os católicos exijam o cumprimento da penitência estipulada pelo sacerdote. Não há um versículo exigindo a confissão de pecados a outras pessoas, exceto em Tiago 5:16 "Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados". Mas, o interessante é que aqui a confissão é entre membros da Igreja, e não a sacerdotes. Logo, cabe a mim perguntá-lo "onde na Bíblia há a exigência de que eu me confesse com um sacerdote para ter o perdão de pecados?"4) A Bíblia ensina a sucessão apostólica? Interessante notar o seguinte, Nilton: só há um caso de sucessão na Bíblia. Quando Judas morre, Matias é escolhido como apóstolo para o cumprimento de profecias do Antigo Testamento. Isso pode ser visto em Atos 1:15-26.  Mas em Atos 12:2 sabemos da morte do apóstolo Tiago e nenhum substituto é apontado. Logo, parece não haver base bíblica para a sucessão apostólica.5) Em suas cartas Paulo sempre se refere à totalidade da Igreja como sendo os santos. Isso pode ser visto, por exemplo, em Colossenses 1:2, Filipenses 1:1 e Efésios 1:1. Além do mais, apenas santos verão a Jesus, como está escrito "Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor" (Hb 12:14). Logo, se santos são aqueles cujo corpo não foi corrompido, espero que eu e você não venhamos a nos decompor...porque, se o nosso corpo apodrecer, não somos santos, e não veremos a Deus! Sobre sinais, há abundantes relatos de milagres e outros sinais em igrejas evangélicas. Assim como também há relatos de milagres e prodígios na macumba, no catolicismo e em outras religiões. Se os milagres são suficientes para indicar a verdade, então quase todas as religiões são válidas.6) Sua pergunta já foi respondida anteriormente. Não há sucessão apostólica. Agora, cabe a mim perguntar como Deus pode ordenar na Idade Média coisas que Ele condenou no primeiro século. Você tem essa resposta?7) Creio que este último ponto não precisa de resposta.
 
 
veja mais
Links: Interação:
Feed RSS
Arquivo:
- 2016
- Novembro
"Pastor boa noite... Gostaria de saber se uma pesso..."
+ Setembro
+ 2015
+ 2014
+ 2013
+ 2012
+ 2011
+ 2010
+ 2009
+ 2008
+ 2007
+ 2006
+ 2005
home | quem somos | atendimento | boletim | podcast | pergunte ao pastor | simpósio | política de privacidade
Copyright © 2017 3ª Igreja Presbiteriana de Taguatinga | Webmaster | Design, desenvolvimento e hospedagem: Vini Costa